Curso de Recursos Humanos no Quero Bolsa





Saiba mais sobre o curso de Recursos Humanos do Programa Quero Bolsa.

Você gosta de lidar com pessoas e sente que o seu propósito é trazer significado para a vida laboral das pessoas? Possui a “cabeça estratégica” e imagina mil e uma táticas e caminhos para melhorar o clima laboral e aproveitar mais os talentos humanos dentro da sua empresa? Tem empatia de sobra? Então, o curso de recursos humanos é para você!

O curso em si:

O Tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos (área das ciências sociais aplicada) possui 2 anos de duração, possui estágio obrigatório e a mensalidade é de 99 reais com bolsa de 83% de desconto.




O objetivo da formação em tecnólogo em recursos humanos:

Você será sensibilizado(a) e capacitado(a) para lidar com questões envolvendo as pessoas e colaboradores dentro de contextos laborais (empresa).

No final do curso, você estará pronto(a) para lidar com as atividades da área de recursos humanos (contratações, demissões, cálculo salariais, férias e transferências de funcionários). E, além desses aspectos mais pontuais e burocráticos, você poderá planejar e executar estratégias e táticas para integrar o ambiente laboral, os setores da empresa e melhorar o clima organizacional, otimizando o uso das competências do seu time.


O nicho dos recursos humanos é promissor e está crescendo.

O tecnólogo em gestão de recursos humanos pode atuar dentro do departamento de pessoal ou de recursos humanos nas empresas.

Como saber se o curso é o certo para mim?

Foque em servir as pessoas. Canalize seu espírito de liderança para construir um percurso de sucesso juntamente com seus liderados e os colaboradores da empresa. Esteja sempre presente!

Para pensar nessas situações antes de optar pelo curso:

  1. Imagine que um candidato a uma vaga qualquer não tenha passado no teste de seleção e você é o recrutador que rejeitou o candidato. Saiba que um recrutador e um gestor em recursos humanos sabe dar pertinentes feedbacks, explicar o motivo do desalinhamento entre perfil do candidato e o da empresa e, talvez, até pontuar sobre oportunidades em outro setor.

Um recrutador assim consegue ter um olhar mais cuidadoso ao analisar a situação da integração entre empresa e funcionário, tratando pessoas como talentos e não somente como “recursos humanos”.

  1. Imagine você entrevistando um candidato a uma vaga de emprego. Um recrutador mediano apenas analisa a situação superficialmente, tentando compreender se existe sintonia entre talento e perfil empresarial. Um recrutador bom estuda a mesma situação e percebe o candidato dentro de uma perspectiva mais ampla, analisando experiência de vida, habilidades sociais, resultados anteriores, significado pessoal atribuído aos trabalhos anteriores e ao novo trabalho. Porque o objetivo do bom recrutador é construir um ambiente laboral cheio de significado para os colaboradores.

Agora, o recrutador excepcional consegue utilizar todas as informações dentro de uma estratégica bastante executável para preencher o ambiente laboral de significado e buscar a melhoria contínua porque crê na própria equipe.

  1. O recrutador sabe que possui uma imensa responsabilidade em melhorar o clima organizacional e transformar a empresa em “amiga do colaborador”, agregando credibilidade interna e externa.

É um caminhar constante, conjunto e construído a muitas mãos!

Se você concorda com essas três situações, sabe que a combinação entre talentos e perfil empresarial é questão que interessa a todos!

Se você possui esse olhar todo especial para a questão da gestão do talento humano, o curso em gestão de recursos humanos se encaixa dentro do seu perfil.

Não basta ter, apenas, boa vontade e empatia! Instrua mente (técnica) e coração (paixão pelo ser humano) e seja um tecnólogo(a) genial!

Por Felipe Gruetzmacher

RH



Post Comment