Lumosity: jogos cerebrais (com versão grátis)



Lumosity é uma espécie de Academia do cérebro: um novo hábito criado por neurocientistas.

Certamente você conhece alguém que vai para academia malhar os músculos todo dia. Mas e o cérebro? Será que existe alguma academia para malhar nossas funções cognitivas, de atenção e memória? Existe!



O Lumosity é uma iniciativa de neurocientistas, designers e psicólogos cognitivos. Trata-se de uma “academia” para o cérebro. O princípio base do Lumosity está sustentado nas pesquisas mais recentes de neurociência. Trata-se de uma série de testes diários que mantêm o cérebro desafiado.

Conforme os idealizadores do Lumosity, com o tempo passamos a automatizar as tarefas diárias e nosso cérebro se acomoda. O programa de treinamento mental da Lumosity surge exatamente para isso: manter a cabeça na “ativa”.



A academia do cérebro é 100% online e possui versão gratuita e premium. Para versão gratuita, são disponibilizados três tarefas por dia – que podem ser realizadas entre 5 a 10 minutos. A versão premium oferece cinco jogos mentais por dia, como também, detalhes das suas estatísticas e relatórios da sua evolução. Os inscritos na versão premium contam com um ranking integrado, no qual podem comparar suas habilidades cognitivas com os demais participantes. O Ranking é gerido por uma espécie de pontuação semelhante ao QI, só que mais amplo.

O Lumos Lab – Laboratório criador do Lumosity – possui parceria com mais de 40 instituições de ensino no mundo todo. Atualmente, 50 estudos científicos em andamento contam com a ajuda dos dados obtidos através do Lumosity: as pesquisas vão desde a neurociência, até pedagogia e psicologia cognitiva. Ao todo, mais de 100 pesquisadores são parceiros do projeto da academia do cérebro.

Para se inscrever no programa de treinamento e começar ainda hoje a malhar seu cérebro, basta se inscrever no site do Lumosity (link aqui). A inscrição pode ser feita através da sincronização com sua conta do Facebook. Não é preciso pagar nada para iniciar os treinamentos, no entanto, a plataforma oferecerá algumas restrições para usuários free.

Os interessados em fazer parte dos estudos conduzidos pela Lumos Lab podem se inscrever em uma lista de voluntários. Os dados obtidos pelos voluntários são repassados para pesquisadores cognitivos e neurocientistas, ainda, algum pesquisador pode entrar em contato para solicitar participação em estudos científicos com mais especificidades.

Ass: Matheus Griebeler

Post Anterior

Não há mais posts

Próximo Post

Não há mais posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *