Melhores Faculdades de Medicina do Brasil

  

Conheça as 10 faculdades que ofertam os melhores cursos de Medicina do Brasil.

Nos últimos tempos, as faculdades de medicina estão sendo cada vez mais procuradas pelos estudantes. Dessa forma, já foi constatado que essa procura está ocorrendo tanto pelas faculdades públicas quanto as privadas. Isso acontece porque nas faculdades públicas, isto é, federais, estaduais e municipais, apesar de haver uma grande concorrência entre os candidatos por uma mesma vaga, os estudantes que forem aprovados podem estudar gratuitamente. Por outro lado, embora as instituições privadas ofereçam ao candidato menos dificuldades para a aprovação, o preço das mensalidades, às vezes, podem chegar a valores exorbitantes.

Desse modo, parece que, a cada ano, fica mais difícil para milhares de estudantes que sonham em tornar-se médicos conseguirem uma vaga no curso dos sonhos. Nesse sentido, alguns passam anos dedicando-se aos estudos e ao cursinho, a fim de alcançarem uma nota que seja suficiente para conquistar uma vaga.

O processo para conseguir uma vaga nas faculdades públicas de medicina é muito exaustivo para os estudantes e a rotina de estudo acaba, muitas vezes, atrapalhando a vida social e a saúde física e mental. Isso porque, o candidato precisa ter domínio de praticamente todos os conteúdos das matérias do Ensino Médio e grande parte dos estudantes que desejam prestar o vestibular para medicina, estudam todo o conteúdo que é cobrado nas provas em apenas um ano. Sendo assim, matérias que levam cerca de 3 anos para serem compreendidas acabam sendo passadas ao aluno em até 9 meses.

Por isso, às vezes, quando acontece de o candidato conseguir fazer uma pontuação mínima, que dê para passar no curso de medicina, geralmente, ele joga a pontuação para a instituição em que sua nota é aceita e, no momento, não busca referências da faculdade ou, até mesmo, não se importa com o fato de que a qualidade da instituição acaba deixando a desejar ou está ocupando algumas das posições mais baixas nas pesquisas realizadas pelo Ministério da Educação, com o intuito de avaliar a qualidade do ensino superior, na área de Medicina, no Brasil.




Mas esse é um grande erro, pois pode acontecer da instituição oferecer um péssimo curso, não possuir um bom plano de estudo, não preparar corretamente os seus estudantes para a vida profissional que eles querem levar. Enfim, antes de fazer a inscrição e começar o curso, é preciso estar a par da reputação da faculdade em que pretende formar-se. Ainda mais, quando o curso é da área da saúde e tem como principal foco cuidar de vidas humanas.

Então, se o leitor pensa em entrar em alguma das faculdades de medicina que estão espalhadas por todo o território brasileiro ou conhece alguém que está nessa situação, mas não sabe qual é a melhor instituição que há perto de sua casa, as informações abaixo estão de acordo com o Ministério da Educação e podem ir de auxílio nesse momento.

Ocupando o primeiro lugar está a Unicamp ou Universidade Estadual de Campinas, que é uma faculdade pública, localizada próxima à cidade de São Paulo. Já em segundo lugar, está a USP ou Universidade de São Paulo, que também é uma faculdade pública, no estado de São Paulo. Em terceiro lugar está a Universidade Federal de Minas Gerais, ou UFMG, localizada na capital do estado de Minas Gerais, que, neste caso, é Belo Horizonte. Em quarto lugar está a Universidade Federal de São Paulo ou UNIFESP. Em quinto lugar está a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho ou UNESP. Já em sexto lugar está uma faculdade localizada na Região Sul do Brasil, UFRGS ou Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Ocupando a sétima posição está a UFRJ, a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em oitava posição está a UNB, a Universidade de Brasília. Já em nono lugar está uma faculdade privada, estabelecida em São Paulo, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. E em décimo lugar fica a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul ou PUCRS.

Esses são os dez melhores cursos de medicina do Brasil, de acordo com o MEC.

Por Ana Paula Oliveira Coimbra




Post Comment