Renovação do FIES – Como Fazer o Aditamento

  

Saiba aqui como fazer a renovação do FIES.

Você é um universitário e utiliza o benefício do FIES? Fique atento para as informações que virão a seguir, pois elas serão do seu interesse.

Se você usa o FIES, saiba que para manter seu beneficio é preciso fazer sua renovação semestral, que também é chamado de “Aditamento”.

Este aditamento é feito pelo Sistema Informatizado do FIES, o SisFIES. No entanto, existem dois modelos de contratos de financiamento, o Simplificado e o Não Simplificado.

Existe uma Comissão formada para receber estas renovações que é chamada de Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento ou CPSA, na qual solicita a renovação do seu contrato e você deverá confirmar seus dados no Sistema do FIES.

Simplificado ou Não Simplificado?

Para que você saiba se o seu aditamento é Simplificado ou Não Simplificado é preciso que as informações que você forneceu estejam corretas. Desta forma seu aditamento será confirmado entre um ou outro.

Caso suas informações tenham algum dado incorreto, é preciso se dirigir até a CPSA para que as correções sejam feitas e seja reiniciado o processo de aditamento.

Aditamento Simplificado

O Aditamento Simplificado é retirado uma via do DRM (Documento de Regularidade de Matrícula), sendo que, deverá estar assinada pelo presidente ou vice-presidente da Comissão.

Aditamento Não Simplificado




É aplicável o mesmo processo do Simplificado, porém, em seguida é necessário que se dirija ao Agente Financeiro, junto com seu fiador ou representante legal (se necessário).

A formalização do aditamento deverá ser feita em até 10 (dez) dias contados, dando início no terceiro dia útil após a data em que foi confirmada a solicitação de aditamento.

Com a regularização junto ao Agente Financeiro é preciso entregar uma cópia do TA (Termo Aditivo) para a CPSA com o objetivo da finalização do processo.

Que documento levar?

Os documentos exigidos pela CPSA e pelos Bancos são: documento de identificação original, cópia e original do comprovante de residência, cópia e original do CPF, Certidão de Casamento e algum documento de identificação do conjugue e por fim cópia e original do termo de concessão ou o termo mais novo da atualização de uso da bolsa parcial do Prouni.

O fiador, além destes citados, excluindo o termo de concessão, deverá levar cópia e original dos rendimentos.

Para acompanhar os resultados do aditamento basta acessar o site SisFIES no endereço: sisfiesportal.mec.gov.br.

O artigo foi útil, compartilhe com os amigos e deixe seus comentários.

Marcio Ferraz




Post Comment