Como mensurar resultados nas Instituições de Ensino



  

O segmento da educação, assim como outros que necessitam bons resultados, precisa de investimentos. Entretanto, para que o ato de investir proporcione qualidade no ensino, há necessidade de observar alguns pontos, com isso, as instituições conseguirão um maior número de matrículas e bons profissionais.

É necessário que haja uma mensuração dos resultados para saber qual foco do investimento vai gerar mais qualidade de ensino e crescimento da instituição.

Para planejar de forma adequada o melhor ensino, crescimento em termos de infraestrutura e capacitar os profissionais docentes, algumas métricas são utilizadas para indicar fatores importantes nesse processo.

Alguns indicadores são importantes para a mensuração dessas métricas: índice de rotatividade, gastos operacionais, taxa de captação, taxa de inadimplência e a taxa de evasão escolar. Com esses dados será possível avaliar os investimentos a serem feitos na instituição.

Os indicadores

Ao observar a Taxa de Inadimplência, será possível que se verifique projeções do caixa da instituição, desta forma, há a possibilidade de evitar prejuízos em seu orçamento.

Com os números dos inadimplentes em ordem você terá um tempo hábil para efetuar as cobranças. Sem furos em seu orçamento, os investimentos não serão afetados, além de não contar com problemas de maiores despesas e pagamentos de contas.




A inadimplência ocorre quando não é efetuado o pagamento do mês e o estudante não tenta um meio de solucionar o seu caso junto à instituição. A cobrança de multa por atraso é de 2% (artigo n° 52 do Código de Defesa do Consumidor) e há a possibilidade também de uma cobrança com correção monetária, porém, não poderá ultrapassar 12% ao ano.

Outros programas de cobranças e tabelas podem auxiliar no controle das finanças. Com essa taxa mensurada, a instituição poderá achar um caminho mais eficaz para que o estudante não continue inadimplente.

A mensuração do Índice de Rotatividade dos Funcionários auxilia a encontrar alguns problemas de ordem organizacional. Esse índice é importante para a instituição, uma vez que pode refletir  como o profissional é motivado, a comunicação, valorização, salário e outros detalhes.

A Taxa de Evasão Escolar é um indicador pontual e pode mostrar números que ainda não vieram à tona e são causadores de erros na instituição, como, por exemplo,  falta de uma reciclagem de seus profissionais.

Essa taxa é a razão do número dos estudantes que finalizaram o ano letivo pela quantidade de alunos que efetuaram a matrícula. Os dados desse índice são importantes e conseguidos no final de cada ano escolar. O valor encontrado será multiplicado por 100, resultando na porcentagem da evasão.

A Tabela de Matrículas também é um importante indicador. É necessário que a instituição faça um comparativo anual em relação ao número das matrículas que foram efetuadas. Para que isso ocorra, será necessário colocar dados como: número das matrículas feitas no começo do ano escolar, número de estudantes que finalizaram o ano, a aprovação, taxa de evasão escolar e de transferência de alunos. Quando colocados em uma tabela, será o momento de fazer uma comparação dos dados com os de outros anos.

A partir da comparação, pode-se verificar o número de matrículas e, se esse número caiu ou não. A queda no número de matrículas pode ser resultado da mensalidade (inadimplência), qualidade de ensino, entre outros fatores.

Com planejamento e base nos resultados, o investimento poderá ser realizado de forma direcionada, sem que haja perda de tempo ou gastos sem necessidade. 




Post Comment